martes, diciembre 15, 2009

Alerta, alerta, alerta que salpica y no todo lo que reluce mide




Lula estuvo en la 1ª Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), en Brasilia. Se da en medio de un enfrentamiento con O Globo. En ese contexto, 6 de las 8 entidades empresariales abandonaron la Conferencia.
Crítica dura de Lula: "No será enterrando la cabeza en la arena que resolveremos los problemas". El Presidente no se privó de decir que los medios difunden "calumnias e infamias" y (mais grande do mundo) señaló lo obvio: que la libertad de prensa es "sagrada".
Por lo que vemos en el video, el capo de la Bandeirantes habló de abrir los medios a los "movimientos sociales".
"Meu compromisso com a liberdade de imprensa é sagrado. Ela é essencial para a democracia. O Estado democrático só existe, se consolida e se fortalece com uma imprensa livre.

Às vezes, há jornais ou noticiários de rádio ou televisão que se excedem, que desprezam os fatos e embarcam em campanhas, que divulgam inverdades ou mesmo que disseminam calúnias e infâmias. Aprendi a conviver tranquilamente com isso porque tenho a certeza de que, havendo liberdade de imprensa e democracia, mais cedo ou mais tarde a verdade termina prevalecendo.

E por uma razão muito simples: os leitores, os ouvintes, os telespectadores são perfeitamente capazes de separar o joio do trigo, a informação da desinformação, a notícia da campanha, a verdade da eventual manipulação. São críticos implacáveis e juízes muito severos. Quem não os trata com respeito, não mostra consideração pela sua inteligência, acaba perdendo credibilidade".

5 comentarios:

Mendieta dijo...

Ay Patria Comunicativa, dame asesores como los de Lula Da Silva.

Lic. Baleno dijo...

O Globo O Globo o povo ñao e bobo!

Ariel dijo...

Lula Lulinha paz e amor... maestro!

Mariano T. dijo...

Pero Pierre es más partidario de que "el pueblo es bueno, pero si se lo adoctrina es mejor"

Martín (Latino) dijo...

Mariano, ¿que te parece la vergonzosa embestida de Lula contra los medios brasileños?